Dica do dia Saúde

Cúrcuma. E seus benefícios para a nossa saúde

Cúrcuma. E seus benefícios para a nossa saúde

Eu sou dessas que ama comida bem temperada. Taco mesmo um monte de pó, folha e ervas rs. E sempre pesquiso o que cada um desses ingredientes pode trazer de benefícios para a minha saúde. E vou dizer pra vocês , tem muito tempero que são sinônimos de saúde viu? Como no caso da Cúrcuma que vou falar hoje.

Cúrcuma. E seus benefícios para a nossa saúde

Desde que soube dos benefícios para a saúde, tenho usado muito a Cúrcuma. Adoro a cor vibrante dela, um amarelão, que deixa tudo colorido e com um sabor que eu particularmente amo.

Lógico, tudo é uma questão de paladar e de saber usar sem exageros. Mas vamos ao que interessa.

Porque devo inserir esse condimento na minha alimentação?

 Cúrcuma!

Cúrcuma Longa, nome cientifico dela, é muito utilizada (há milhares de anos) na Índia como tempero e medicamento. Ela é prima distante do gengibre, sendo que tanto as folhagens como a raiz são bem parecidas.

O curcuminóide e a curcumina são os componentes principais com beneficios medicinais que possuem efeitos anti-inflamatórios potentes e antioxidantes. Além da vitamina B6, Potássio, ferro, fibras e manganês.

Existe uma confusão muito grande com o nome desse tempero. Na verdade Cúrcuma é uma coisa e Açafrão é outra ok? A Cúrcuma é uma raiz e Açafrão uma flor.

Aqui no Brasil a Cúrcuma é chamada de Açafrão da terra, mas o verdadeiro Açafrão vem de uma flor e não raiz. Tem uma cor mais avermelhada. Cada flor possui 3 estigmas femininos que são extraídos e separados. Apenas 3 em cada flor.

slide1

E por isso é um dos ingredientes mais caros da culinária,  e 1g desse produto custa em média 70 reais. Dizem que é o ouro da culinária.

A cor e o sabor são totalmente diferentes de um e outro. Mas aqui deram esse nome de Açafrão da “terra”, por ser extraído de uma raiz, mas o certo é Cúrcuma. Então se pagar barato num pó amarelão alaranjado que vem escrito na embalagem açafrão da terra pode ter certeza que é Cúrcuma.

Enfim, o que vale é que tanto faz o nome que dão a esse ingrediente aqui no Brasil, e sim o bem que faz a saúde.

Alguns dos benefícios:

  • Anti-séptico e antibacteriano natural, muito utilizado na desinfecção de cortes e queimaduras.
  • Potente antioxidante: primeiro ela bloqueia os radicais livres e ativa os mecanismos antioxidantes do organismo.
  • Reduz risco de doenças cardíacas: previne o acumulo de placas nas artérias e impede a oxidação do colesterol no organismo.
  • Diminui o colesterol.
  • Desintoxica o fígado.
  • Previne o diabetes:
  • Anti-inflamatório potente. Sua eficácia está no fato de se tratar de uma substância bioativa, que combate a inflamação em nível molecular. Estudos já mostraram que a curcumina pode ser comparada com os fármacos tradicionais usados como anti-inflamatórios, porém, sem os efeitos colaterais que os medicamentos provocam.
  • Ajuda muito na digestão, reduz os gases e a diminui o inchaço de estômago.
  • Pode ajudar no metabolismo da gordura e ajuda no controle do peso.
  • Acelera a cicatrização de feridas e auxilia na remodelação da pele danificada.
  • Na medicina Chinesa é usada como auxiliar dos tratamentos da depressão.

Existem muitos estudos sobre o efeito preventivo e até de cura em alguns tipos de câncer, pois em países onde é a Cúrcuma é consumida diariamente a incidência de câncer de colo, útero, próstata e pulmões é muito mais baixa.

Como usar.

Para tirar melhor proveito da curcumina adicione a cúrcuma à gordura já na preparação da comida. Quando for refogar o alho e cebola adicione a cúrcuma e mexa junto, depois adicione os outros ingredientes. Se não usar alho e cebola não tem problema, misture a cúrcuma na gordura e refogue rapidamente.

slide3

A quantidade vai do paladar de cada um. Mas algumas pitadinhas são suficiente. Ela tem que acrescentar sabor ao prato, e não roubar o sabor dos outros alimentos. Menos é mais.  ½ colher de chá ao dia é o suficiente para nos trazer benefícios.

Cúrcuma. E seus benefícios para a nossa saúde

Ela age melhor quando consumida junto com a piperina, substância encontrada na pimenta-do-reino e no cominho. Por isso ao preparar uma comida com cúrcuma coloque também pimenta e cominho.

Pesquisas mostraram que o consumo diário de duas a três gramas de cúrcuma por um período de dois meses amenizou drasticamente úlceras estomacais em até 75 por cento dos pacientes tratados.

Quanto mais forte for a cor mais curcumina ela possui, ou seja, a cúrcuma de melhor qualidade é amarelo bem escuro chegando ao abóbora ou laranja. Quanto mais escuro mais sabor tem.

Pode ser ingerida em cápsulas também, mas ai tem que ter prescrição médica para saber a quantidade certa. E nada melhor do que sentir o sabor tão gostoso desse tempero né?

Contraindicações da cúrcuma

A cúrcuma está contraindicada em pacientes que estejam tomando remédios anticoagulantes e com obstrução das vias biliares devido à pedra na vesícula. A cúrcuma na gravidez ou lactação só deve ser utilizada sob orientação médica.

Algumas pessoas com o uso excesso da Cúrcuma podem ter reação alérgica e com isso sentir náuseas, diarreias, dores no estomago, baixa da pressão arterial.

Por isso se está gravida, ou tem algum problema sério de saúde, antes de tomar qualquer coisa, até mesmo um simples tempero, converse com seu médico.

Eu estou consumindo diariamente faz uns 4 meses e coloco em quase toda comida que faço. Tempero frango, adoro colocar no arroz ele fica um amarelo lindo. Sopas, molhos, o sabor dela vai bem com tudo.

slide2

Nunca senti nenhum problema desde que estou usando a Cúrucuma. Mas também não exagero. Uso a medida indicada acima.  A diferença entre um remédio e um veneno está na dose. Fica a dica.

E ae quem já usa esse belezura hein? Nunca usou? Bora experimentar e trazer mais saúde e sabor à sua mesa. Beijocas


Comentários do Facebook

Instagram