Formol. Como age? Danifica o cabelo? Como identificá-lo na composição?

Pois é, hoje em dia inventam um monte de nomes para chamar a Escova progressiva onde o principal componente é o Formol. Mudam os nomes para enganar as pessoas com as falsas promessas de que os produtos não contém formol e nem derivados na composição e mesmo  assim alisa. Mas… Será mesmo?

Na verdade se alisa o cabelo com certeza tem formol e ou derivados, que quando aquecido viram formol. Na verdade nenhum outro produto tem esse poder de alisar, talvez de alinhar o fio e deixa-lo com menos volume, mas o efeito prolongado de um progressiva só com o maledito do formol ou a Guanidina, mas essa é outra história, hoje vou falar do formol.

Slide3

O que é formol?

Composto orgânico altamente tóxico, têm várias utilidades que vão desde fabricação de resinas, tintas, plásticos, espelhos, cosméticos, produtos de higiene pessoal e até explosivos!

Irrita olhos, boca, pele, garganta e pulmão, e pode causar dor de cabeça, asma, depressão, náuseas. Pode causar câncer.

Como o formol age nos fios?

Ele cria uma capa no fio colando as cutículas que foram abertas seja por químicas ou por falta de cuidados. Enrijece esse fio retirando água e gordura, gordura essa que protege, lubrifica e ajuda a hidratar os cabelos. Ele propriamente não alisa, esse efeito será obtido com alta temperatura das chapinhas que irá dá o novo formato a esse fio.

Slide1

O formol funciona como um conservante muito usado para manter corpos (defuntos para estudo), e após uma progressiva o cabelo não pode ser lavado pois leva até 72 horas para endurecer a queratina do fio e conserva-lo com esse novo formato esticado.

Por que faz mal aos cabelos?

O problema é que ele encapa esse fio por fora independente se o cabelo está com sua fibra danificada ou não. Criando uma capa que não permitira que nenhum outro tratamento consiga penetrar nesse fio.

Slide2

Ao longo do tempo a raiz vai ficando oleosa e as pontas cada vez mais seca e com excesso de Progressiva os fios podem ficar tão duros que acabam se quebrando. Acredite escova progressiva não trata, não se iluda com a aparência bonita e sedosa do fio após faze-la.

Como saber se um produto tem formol e ou seus derivados?

Procurem por esses componentes: Formol, Aldeído metílico, Óxido de metileno, Metanal, Ácido glioxílico, Carbocisteína ou Oxiacetamida, Methylene Glycol (Glicol metileno).

Methanal (Metanal), Óxido de Metileno, Oxymethylene (Oximetileno), Methylaldehyde (Metil aldeído), Oxomethane (Oximetano), Formalina (Formalin), Aldeído Fórmico.

Slide4

Dica extra: não acreditem em promessas de produtos com a quantidade liberada pela ANVISA que permite até 0.02% de formol na composição, que prometem alisar, pois com essa quantidade não tem esse poder, apenas serve como conservante desse produto. Se alisou, ardeu os olhos, nariz, fique esperta, com certeza tem formol e bem acima do permitido.

E cuidado meninas, antes de fazer Progressivas sempre fale ao profissional todas as químicas que tem no cabelo, pois nem tudo é compatível. Já falei sobre isso aqui.

Eu acho que essa ditadura do cabelo liso já deu, ainda mais quando é preciso fazer químicas fortes para chegar nesse resultado. Mas se não abre mão do cabelo liso, faça com cautela e com bons profissionais. E fica a dica, mulher de cabelo cacheado fica muito mais sexi e sedutora. E o natural sempre é mais bonito e saudável!

Beijocas sem formol!

Comentários do Facebook

Sobre o autor

Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.