Cabelos Cabelos loiros Tratamentos capilares

Cabelos Porosos e Elásticos. Qual a diferença entre os dois e como cuidar de cada um desses problemas.

Muita gente confunde cabelo poroso e elástico. Eu mesma não sabia a diferença, nem como identificar cada uma delas e muito menos como tratar.

Vamos tentar tirar todas essas duvidas, de forma simples, clara e sem muitos termos técnicos.

O que é Cabelo Poroso?

 
É um cabelo que está com as cutículas abertas. O ideal não é nem aberta demais, pois perde todos nutrientes que colocamos nesse fio e nem fechada demais, pois assim, nada penetra nesse fio.
 
No caso do poroso, essas cutículas ficam extremamente abertas, expondo o centro do fio (córtex), e tudo que você usar nesse cabelo, vai penetrar rapidamente, mas, também vai se perder rapidamente.

 

O que causa porosidade?
 
Excesso de químicas, chapinhas, secadores muito quente, e até mesmo agentes externos como sol, vento e água do mar. E a falta de hidratação.
 
Como identificar um cabelo poroso?
Geralmente, são cabelos com aspecto pesado, muito ressecado, fios ásperos, sem brilho e com frizz, principalmente em dias úmidos, pois absorvem a água que está no ar.
Repare se o cabelo quando está seco fica com aquele jeito de fuá, parece uma palha de tão seco e quando molhado dá impressão de emborrachado.
Teste para identificar o cabelo poroso.  


1- Segure um fio de cabelo, deslize o dedo suavemente da ponta para o topo da cabeça. Se sentir uma aspereza, ou a sensação que o dedo não desliza, parece que prende, ele está poroso.

2- Pegue alguns fios, jogue em uma vasilha com água. Deixe por uns 3 minutos, se afundarem é sinal de porosidade alta. Se ficar no meio, porosidade média, essa é a melhor, pois se boiar, ele não tá poroso, mas pode estar com as cutículas muito fechadas, e não absorve água.

teste do fio

Como tratar o cabelo poroso?

Umectações (post completo aqui) com óleos vegetais e manteigas, hidrataçao, nutrição e selagem da cutícula. Para isso finalize o tratamento com produtos com pH baixo (ácido), existem muitos condicionadores perfeitos para isso. O vinagre de maçã é outra excelente opção. 

Produtos a base de Ceramidas também é muito importante para esse cabelo pois vai melhorar a flexibilidade do fio.
 
Se estiver muito poroso, pode tratar até 2 vezes por semana, intercalando os tratamentos até recuperar. Evite a reconstrução nesse primeiro momento, só faça depois que já estiver menos poroso, ele vai precisar.

Só um aviso, um cabelo poroso está bem perto de se tornar um cabelo elástico se não for tratado e continuar a usar químicas nele.

O que é Cabelo Elástico?

É um cabelo que perdeu a elasticidade e a umidade natural, e fica com aquele aspecto de borracha. Perde também massa e proteínas, ou seja, fica com a estrutura toda danificada.
O que causa?
 
Excesso de químicas, escova progressiva, descoloração,  ou misturar químicas que não são compatíveis.

Vejam essa foto da Erika Nash do Blog Clube do cabelo e cia. Ela passou por isso, e nas imagens está bem nítido como fica um cabelo elástico. Mas nesse caso o dela foi um corte químico.
 
Como identificar?
 
Geralmente (quando seco) no topo da cabeça ele fica tão fininho e frágil, que parece esfarelar ao toque. E no comprimento (quando molhado) fica parecendo uma borracha.
 
Teste para identificar um cabelo elástico.
  

 Pegue um fio, estique ele devagar, solte e veja se ela volta ao seu tamanho normal. Perceba se ele arrebenta facilmente. Se nem voltar ao tamanho normal e arrebentar fácil, ele está elástico.

 

Como tratar?

 
Urgente! Pare já com qualquer química. Se não quiser ficar careca. Gente, isso é sério! Você está bem perto de um corte químico! Nada de chapinhas, escovas, nem fazer nada que possa partir esse fio que está extremamente frágil. Até pentear, tem que ser algo feito com cuidado. E, use apenas shampoos hidratantes, nunca de limpeza profunda.
 
Reconstrução é tudo que seu cabelo precisa. Mas também vai precisar repor massa e umidade. Percebe que não será um trabalho simples.
 
Eu já li em alguns blog que antes de reconstruir, o ideal é começar a hidratar, umectar os fios e nutrir. Use também produtos a base de proteínas, aminoácidos e nutritivos.
Mas, há controvérsias. Pois, não adianta hidratar um fio oco, e a hidratação atinge a parte de fora do fio, deixando ele mais mole do que já está. Já a reconstrução, recupera a parte interna desse fio, repondo as fibras e deixando ele mais rígido. Mas, cada cabelo uma sentença né?

 Cabelos Porosos e Elásticos. Qual a diferença entre os dois e como cuidar de cada um desses problemas.

Faça reconstruções, ou até sentir seu cabelo mais forte e resistente e depois sim, pode vir com nutrição e hidratação. Pelo menos foi assim que tratei o meu.
Você pode montar um cronograma e terá que segui-lo até seu cabelo se recuperar. Paciência e dedicação é a palavra chave para recuperar esse cabelo.
Vejam bem, seus fios nunca mais voltarão a serem os mesmo de antes, uma vez elásticos, podemos amenizar esse problema, mas nunca recuperar totalmente esse fio. Lógico, irão nascer fios novos e saudáveis.
 
Esse post foi só para esclarecer e ajudar vocês a identificar o cabelo poroso e o elástico. Depois faço um indicando produtos para cada um desses problemas.

Beijos!

Comentários do Facebook

Instagram