Relacionamento

Deixo a Vida me Levar, ou Faço ela Acontecer?

Por que será que as vezes nos sentimos tão desmotivadas? E isso pode atingir tanto a área profissional quanto a pessoal. 

Será que nos acomodamos com aquela vidinha mais ou menos que muitas levam com seus parceiros, ou aquela rotina de trabalho chato, que você só continua indo todos os dias por que precisa trabalhar para sobreviver?



E isso vai causando uma sensação de infelicidade, angustia, falta de vontade de fazer as coisas, e ânimo para continuar e ir em frente. É nessa hora que temos que pensar se tudo isso está valendo a pena. 

De vez em quando é bom sair da zona de conforto, se jogar, arriscar, meter a cara em coisas novas. Isso traz um brilho novo na vida da gente, nos faz sentir vivas e com vontade de engolir o mundo, se aventurar por outros caminhos, sem medo do que vai encontrar pela frente.

Lógico que uma decisão radical é difícil, tanto no relacionamento quanto no trabalho, pois separar ou pedir demissão é um passo sério demais do qual podemos nos arrepender lá na frente. 



Mas não precisa chutar o balde, vá com calma. Comece fazendo algumas coisas simples no seu dia a dia, como mudar o caminho para o trabalho, mudar seu jeito de lidar com certas situações, pensar diferente, inovar. Com isso, aos poucos vai se sentir com coragem para dar um passo maior na sua vida. 

Mas se o problema for a relação com seu companheiro, penso assim: “é muito melhor sofrer com uma separação do que viver sofrendo ao lado da pessoa, numa relação falida, sem amor, e o pior, sem respeito mútuo. A pior solidão é a que se vive a dois!


Sabe aquele sonho que você tinha, por que não tentar realizar? O mínimo que pode acontecer é não dar certo. E dai? Você não vai morrer por isso, mas vai fazer toda a diferença você ter tentado, pois assim vai ter certeza que aquilo não era pra você. Muito pior é passar a vida toda lamentando por não ter tentado.
 





Mas e se der certo? E você irá pensar: “porque não fiz antes, porque perdi tanto tempo?” 

Tire um dia para pensar como anda sua vida, e o que você queria (e quer) estar fazendo dela.. Quem sabe algumas pequenas mudanças não farão toda a diferença. 

No palco da vida não seja plateia, seja o ator principal, ou melhor ainda, seja o Diretor. Torne cada dia, um dia único e especial, afinal, ele nunca mais vai acontecer.  


Não procure a felicidade nos outros, nem em coisas ou acontecimentos. Pois ela está dentro de você. A felicidade é um estado de espírito, fruto de sua paz interior. Permita-se ser feliz!


Beijos! MC Loira.

Comentários do Facebook

Instagram